- Advertisement -

Barreiras se rompem e Guaibim e zona rural de Valença sofrem impactos nunca vistos causados por enchentes

Print imagem aérea
0 1.119

Por Magno Jouber

Duas barreiras que se romperam no Vale do Jequiriçá são apontadas como a provável causa das enchentes que atingiram o distrito de Guaibim em Valença no Baixo Sul da Bahia nesta segunda-feira (26). A informação foi passada hoje para à população através do secretário de Infraestrutura do município, Marcus Vinícius em entrevista à Rádio Valença FM. Ainda em Valença, a zona rural também foi impactada com grandes enchentes, destruição de estradas e pontes, deixando comunidades inteiras isoladas. De acordo com o governo do estado, cerca de 20 barragens estão em situação de risco de rompimento na Bahia.

Apesar das chuvas ininterruptas por cerca de 30 horas, os danos causados pelas águas estavam sob controle até o início da manhã desta segunda-feira. Mesmo sendo um bairro que sempre tem problemas com chuvas, o Estância Azul suportou razoavelmente a quantidade de água que chegou ao local, entretanto, o rio Patipe, em Guaibim, começou a transbordar e os alagamentos se iniciaram na rodovia BA 884 (Valença-Guaibim), com ramificações no local conhecido como Sereia e o bairro da Portelinha, pegando a todos de surpresa, pois as chuvas estavam fracas. Com isso, casas foram invadidas e os moradores não tiveram tempo de retirar seus pertences devido a chegada abrupta de uma grande tromba d’água. A Prefeitura já contabilizou mais de 500 residências atingidas em Gauibim e cerca de mil pessoas estão desalijadas. A população está se mobilizando para minimizar os problemas, com doações de alimentos e roupas, além das ações da Prefeitura que está disponibilizando espaços das escolas e refeições para abrigar as pessoas atingidas.

Crédito do vídeo: Silvânio Vídeos
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais