Cairu, Taperoá e Nilo Peçanha sem energia por mais de 24h

0 279

Com pouco mais de 24 horas sem energia elétrica, alguns municípios do baixo sul da Bahia sofrem com o risco de perda de alguns alimentos e até medicamentos.

A queda da rede elétrica começou aproximadamente, a partir das 17:30 de segunda-feira e após 24, o problema não foi solucionado.

De acordo com a Associação Nacional de Consumidores de Energia, o número de apagões no Brasil tem aumentado com maior frequência a cada ano desde a última década, provocando enormes prejuízos materiais, econômicos e sociais para o país. Somente em 2020, aconteceram 37 grandes interrupções de energia, o que evidencia as grandes dificuldades que o setor enfrenta atualmente para conseguir prever imprevistos, que tornaram-se, de fato, cada vez mais comuns.  

A falta de energia na região impactou, consequentemente, os serviços de internet e telefonia, fazendo com que a maioria parasse de funcionar. Caixas eletrônicos e máquinas de cartão, que precisam de carregamento elétrico, também pararam de operar, impossibilitando muitas pessoas de fazer compras.

No município de Nilo Peçanha, para lidar com esta situação, profissionais da saúde transferiram os estoques de vacinas e insulinas para outro município, evitando a perda dos imunizantes.

Fonte: Link Bahia

Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais