Em Cachoeira, Damares Alves declara apoio a Eliana Gonzaga: ‘Nós vamos te proteger’

0 16

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) declarou apoio à  prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga (Republicanos), após a gestora ter sofrido diversas ameaças ao assumir a gestão da cidade. Damares Alves esteve em Cachoeira, no Recôncavo baiano,  nesta segunda-feira (10) para acompanhar o caso.

Na ocasião Damares colocou o Governo Federal à disposição para a proteção da vida e do mandato de Gonzaga. “Nós não vamos permitir esse atentado à democracia. Se precisar, o Governo Federal vem auxiliar os órgãos estaduais. Nós vamos te proteger”, afirmou Damares.

A prefeita agradeceu ao apoio e reiterou. “Vocês estão defendendo o direito democrático do Estado brasileiro. Eu disse e reafirmo: são crimes políticos que praticam contra mim. Aos que tentam me calar, não adianta, não vão conseguir. Grandes autoridades do país estão aqui em defesa da democracia”, disse. 

Damares aproveitou a ocasião para anunciar que   que o município receberá apoio por meio de recursos e programas federais. A iniciativa, de acordo com o MMFDH vai beneficiar públicos como mulheres, idosos, crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, famílias e juventude. “Estamos engajados nessas pautas que não têm religião, cor e bandeira partidária. A igualdade, proteção e combate à violência são causas de todos nós”, disse.

A ministra integra uma comitiva de autoridades do Governo Federal, do Congresso Nacional e do Poder Judiciário que foi até a cidade para mostrar apoio à prefeita. Também estão presentes em Cachoeira as deputadas federais Celina Leão (PP/DF), coordenadora da Bancada Feminina, Tereza Nelma (PSDB/AL), procuradora da Mulher na Câmara, e, Lídice da Mata (PSB/BA), procuradora-adjunta na Casa.

Participam ainda do encontro o procurador da República, Ruy Nestor Bastos Mello, titular no procedimento que apura as ameaças de morte e ataques racistas contra a prefeita Eliana, a secretária nacional de Política para as Mulheres, Cristiane Britto, o secretário nacional de promoção de políticas de igualdade racial, Paulo Roberto, a presidente da Associação de Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, a secretária estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia, Julieta Palmeira e a deputada estadual, Fabíola Mansur (PSB), dentre outras autoridades.

Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais