Leão ficou de ‘escanteio e desprestigiado’ na base petista, diz o ainda governista Dal

0 24

Deputado do PP diz que, com a decisão do senador Otto Alencar de não ser candidato a governador, Leão deveria ser indicado para ser a cabeça da chapa

De malas prontas para o grupo liderado pelo ex-prefeito soteropolitano ACM Neto (União Brasil), o deputado estadual Dal (PP) reclamou, nesta segunda-feira (7), do tratamento que o Partido dos Trabalhadores tem dado ao vice-governador João Leão (PP).

Na avaliação dele, com a decisão do senador Otto Alencar de não ser candidato a governador, Leão deveria ser indicado para ser a cabeça da chapa. “Anunciaram que Otto Alencar não aceitou o desafio, retornando a vaga para o PT indicar o candidato a governador, esquecendo eles que Leão sempre deixou bem claro o seu desejo de ser candidato a governador e que, apesar disso, em nome da unidade do grupo, abriria mão e assumiria o governo. Com essa atitude, fica claro que para o PT que o amigo Leão não serve nem para ser candidato a governador, nem a senador. Me lembro que em 2014, quando poucos acreditavam na candidatura do atual governador Rui Costa, quem foi para o sacrifício de ser vice foi o amigo Leão, mostrando sempre sua lealdade ao grupo político”, disse Dal.

Para Dal, houve um “enorme desrespeito e falta de consideração” ao vice-governador. “Infelizmente, vejo que (Leão) ficou de escanteio e desprestigiado por estes que se dizem amigos e parceiros políticos. Meu querido vice-governador, abra o seu olho e preste muita atenção na sua decisão, vejo que só querem o seu apoio, mas apoia-lo, nada”, acrescentou.

Nesta segunda-feira, em entrevista à rádio Metrópole, o senador Jaques Wagner (PT) disse que o senador Otto Alencar (PSD) decidiu não ser candidato a governador da Bahia nas eleições deste ano. Diante de cenário, segundo o petista, o PT estuda três nomes: o secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues, a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho e a secretário estadual de Relações Institucionais, Luiz Caetano.

Mudança

Descontente na base do governador Rui Costa (PT), Dal deve trocar de lado, mas a mudança do partido ainda é incerto. Se o PP migrar para o grupo de ACM Neto, como se especula, ele pode permanecer na legenda. No entanto, se o partido de Leão ficar na base governista, Dal deve se filiar ao União Brasil. Fonte: Bahia.ba

Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais