- Advertisement -

São João: governador anuncia antecipação de salário para dias 21 e 28

0 11

Em vídeo publicado na manhã desta terça-feira no Instagram, Jerônimo divulga novidade para servidores públicos do Estado

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) anunciou, na manhã desta terça-feira (11), a antecipação dos salários para os próximos dias 21 e 28 de junho para que servidores públicos estaduais possam curtir o São João e São Pedro. O comunicado foi dado pelo próprio petista em vídeo publicado em sua conta oficial no Instagram.

Jerônimo ressaltou a manutenção da tradição de antecipar os salários em duas parcelas, cujo montante será de R$ 650,8 milhões, e afirma que a medida tem como objetivo valorizar o funcionalismo estadual e aquecer a economia nos festejos juninos do interior baiano. “Temos boas novas para você, servidor público. Eu anteciparei metade do salário dos servidores agora, já no dia 21 de junho, e a outra metade no dia 28. Isso é economia ficando mais forte nesse período junino”, declarou o petista no vídeo.

Revisão salarial

Ainda na publicação, o governador também destacou que a revisão salarial dos servidores, aprovada na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), também será feita a partir deste mês. “Além do reajuste de 4% para servidores ativos e nativos e pensionistas, também reajustarei o auxílio alimentação e para os servidores da educação básica darei reajustes complementares [retroativos] para as carreiras com menores remunerações. Um abraço. Bom São João, bom São Antônio, bom São Pedro. Valeu, Bahia!”, completou Jerônimo no vídeo, pontuando ainda que as categorias que se encontram com vencimento abaixo de um salário mínimo também terão reajuste complementar.

Auxílio refeição

Segundo o governo estadual, o funcionalismo público vai receber, na folha de pagamentos deste mês de junho, o reajuste do auxílio refeição concedido pelo Executivo. Os servidores que atuam em regime de 30 horas semanais passarão a receber auxílio mensal de R$ 286, enquanto aqueles que trabalham no regime de 40 horas terão o benefício mensal ampliado para R$ 440, o que representa um incremento de 66%.

O reajuste no benefício vai gerar um impacto econômico para os cofres públicos de R$ 110 milhões este ano (sete meses). Em 2025, a despesa com reajuste do auxílio será R$ 202 mi, em 12 meses. O calendário de pagamento do funcionalismo é instituído no início de cada exercício, com datas fixas para quitação dos salários dos servidores, que recebem rigorosamente no último dia útil de cada mês.

Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais